Meritis com nova música!

Mickael Faustino leva Meritis para grandes orquestras! 2016/08/24

Mickael Faustino é o novo membro da família Meritis. Tem apenas 26 anos mas é já uma certeza nacional para brilhar nas grandes orquestras internacionais.

O jovem Mickael Faustino é a grande aposta da Meritis para se iniciar na área da música!

Com apenas 26 anos, Mickael tem no seu “curriculum” participações internacionais nas melhores orquestras jovens e visa alcançar o topo através das suas prestações.

O Trompetista de Leiria sonha tocar nas mais importantes “salas” do mundo.

Muito trabalho e dedicação que, a partir de agora, terá também o nosso apoio.

Nos tempos mais próximos os seus objectivos são entrar numa das Orquestras de jovens que falta, a Verbier Festival, Pacific Orchestra ou Lucerne Festival, e assim ser o primeiro trompa português de sempre a conseguir tocar em mais que 2 das 5 melhores orquestras de jovens do mundo (já o conseguiu na Gustav Mahler Jugendorchester e na Schleswig-holstein Academy Orchestra).

Sonha também ganhar uma academia de orquestra entre Zurich, Berlim, Leipzig ou Amsterdam ou um lugar numa grande orquestra na Alemanha.

Mickael Faustino gostaria também de gravar as obras que compositores portugueses compuseram para ele próprio.

A Meritis estará cá para te ajudar.
Benvindo à “Família” Mickael!

______

Curriculo
Iniciou os seus estudos musicais aos 15 anos com o professor Rodrigo Carreira na Sociedade Artística e Musical Cortesense. Prosseguindo os seus estudos na EPMVC e depois na ESMAE (Escola Superior de Musica Artes e Espetáculo) na classe dos professores Bohdan Sebestik e Abel Pereira. Atualmente encontra-se a estudar na Hochschule fur Musik und Theater Felix Mendelsohn em Leipzig na classe dos professores Thomas Hauschild e Bernard Krug.

Durante o seu percurso tem sido selecionado para as mais prestigiadas orquestras de jovens do mundo como: Gustav Mahler Jugendorchester, a Schleswig Holstein Musik Orchestra, a International Youth Philharmonic Orchestra, Estagio Gulbenkian Orchestra, a Youth Philharmonic Orchestra, a Internacional Mahler Orchestra, a Orquestra Young franco-german-hungarian philharmonics 2014, a Moritzburg Festival Academy, a The World Youth Wind Orchestra Project 2014, a Kodaly Zoltan World Youth Orchestra, a Bedstone International Summer Youth Orchestral Course (BISYOC), a NJO, a Academia de Verão da Remix, a International Junge Orchestra Academy, a European Youth Week Orchestra, a Branimir Slokar Orchestra Academy, a European Union Youth Wind Orchestra, a The World Youth Orchestra, a Penderecki Akademie Orchestra Westfalen e ainda teve a oportunidade de tocar com Banda Sinfónica Juvenil da Simon Bolivar no festival “World Music Contest 2013” na Holanda.

Com algumas destas orquestras tem tocado em países como: África do Sul, Itália, República Checa, Dinamarca, Suíça, Holanda, Líbano, Alemanha, França, Espanha, Luxemburgo, Áustria.
Na temporada 2015/2016 foi praticante na Brandeburgishe Staatorchester Frankfurt e em 2012 fez parte da Fundação Orquestra Estudio. Tem sido regularmente convidado para orquestras como a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, Landestheater Eisenach Orchester, Leipziger Universitats Musik, Orquestra Clássica do Sul, Orquestra de Camara Portuguesa, Orquestra Metropolitana de Lisboa entre outras.

.